“Busquei mulheres em páginas impressas. Encontrei modelos. Quase não via mulher com quem se cruza na rua, sacola de feira numa mão, criança na outra. Não vi a funcionária dos correios do século passado, não vi a bancária de hoje. Nem eu me vi” Dulcília Buitoni

12 novembro 2009

Diferenças entre homens e mulheres

Divirtam-se!

Continue reading...

Só consigo ser três

Pois ser multimulher não é fácil, né?


Continue reading...

E para divertir...

... Mulher Moderna







A Terça Insana é uma projeto humorístico que é apresentado toda terça-feira por diferentes atores interpretando variados personagens. O grupo, que se modifica a cada temporada, foi criado pela atriz Grace Gianoukas em novembro de 2001 na cidade de São Paulo.

Conheça o site. Clique aqui!
Continue reading...

12 Mulheres: programa de TV mostra a essência da mulher


"12 Mulheres" é o novo programa da Rede Record. A jornalista Maria Cândida passa por 12 culturas diferentes e desvenda o segredo de 12 mulheres de diversas partes do mundo.Cada mulher contará um pouco de si. O objetivo é formar, aos poucos, um painel com a essência da mulher e descobrir o que as torna únicas.

"12 Mulheres" é exibido no início da madrugada de domingo, à 00h30.

Perdeu os primeiros programas? Clique aqui!


Vale a pena acompanhar!



“Porque ser mulher é um aprendizado!”

E mais:

No site do programa, você também pode contar a sua história. Clique na imagem e confira!










E você ainda participa de uma enquete muito bacana. Clique na imagem e dê sua opinião!







Continue reading...

Leu o nosso suplemento? Então queremos saber sua opinião!

Divas está chegando recheado de informação! Queremos saber o que achou do nosso trabalho. Lembre-se que você faz parte da nossa equipe. Sim! Quando você manda sua crítica, opinião, sugestão... está nos ajudando a fazer um produto muito melhor!

Nosso espaço está aberto para você! 

Ah! E não se esqueça que você também pode nos acompanhar pelo e-mail divasaracatuba@gmail.com e pelo Twitter: divas_ata
Continue reading...

29 outubro 2009

Polêmica: Medicina alternativa com Auto-Hemoterapia

Marília Lopes

                                             Crédito: Marília Lopes


  Hematologista Antônio Ivo Justo Pezzotti pede cautela para o uso do tratamento

A auto-hemoterapia é um tratamento que promete a cura de doenças através do próprio sangue. O tratamento partiu da iniciativa de Luiz Moura, em 1943. Em 2004, no Rio de Janeiro, divulgou todo conceito do tratamento que está se repercutindo e dividindo opiniões de médicos e especialistas.


Em 2007, a SBHH (Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia) e a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) divulgaram uma nota contra o procedimento para fins de preservar a saúde dos pacientes. No mesmo ano, Luiz Moura, junto com outros médicos, escreveu um artigo defendendo o tratamento que ainda é realizado e traz resultados positivos.

No artigo Auto-Hemoterapia – Você sabe o que é isso?, Luiz Moura, Berenice Wilke e José de Fellipe afirmaram que a “auto-hemoterapia é um recurso terapêutico de baixo custo e que não é amplamente divulgado deixando crianças e adultos sofrendo com problemas alérgicos e imunidade baixa. Um método simples que se resume em retirar sangue de uma veia e aplicar no músculo, estimulando o Sistema Retículo Endotelial, quadruplicando os macrófagos em todo organismo.”

Ressaltaram ainda que “as doenças infecciosas, alérgicas, auto-imunes, os corpos estranhos como os cistos ovarianos, miomas, as obstruções de vasos sangüíneos são combatidas pelos macrófagos que, quadruplicados, conseguem assim vencer estes estados patológicos ou pelo menos, abrandá-los”.

Mesmo com a proibição, a auto-hemoterapia é realizada. Não se sabe ao certo a eficácia do tratamento e os males que pode trazer à saúde dos pacientes. É de suma importância que você acompanhe o andamento deste recurso terapêutico que ainda não possui respaldo científico. Na web existem muitos artigos, vídeos e fotos. Fique por dentro e deixe sua opinião aqui no blog.
Continue reading...

06 outubro 2009

Fato: as mulheres dominam a internet

 Crédito: Reprodução

Amigos, as mulheres irão dominar o mundo! Tá, tudo bem, exagerei. Pode ser que o mundo não chegue a ser conquistado pelo charme feminino, mas a internet! Ah, a internet já é delas.

Leiam a notícia abaixo lembrei da frase do Cérebro, daquele desenho Pink e Cerébro: "Hoje a internet, amanhã o mundo". rs

Leiam a matéria:

As mulheres são maioria nas redes sociais. Entre 17 sites analisados, 12 têm a maioria o público feminino como maioria, segundo levantamento feito pelo site InformationIsBeautiful.net, por meio da ferramenta Google Ad Planner, que oferece detalhes de todos os principais endereços da internet - exceto alguns sites do próprio Google.

Facebook e Twitter são compostos, cada um, por 57% de mulheres. Já no Flickr, 55% dos usuários são do sexo feminino. No MySpace a dominância feminina é mais clara: 64%, enquanto no Hi5 é 54%.

As demais redes com maioria feminina são: FriendFeed (55%), Ning (59%), Gaia Online (61%), Classmates.com (64%), Buzznet (64%), Tagget (64%), Bebo (68%).

As redes sociais com igualdade relativa entre usuários homens e mulheres são LinkedIn, YouTube, DeviantART e del.icio.us.

Pelo levantamento, apenas o Digg tem maioria masculina, com 64% dos usuários homens.

O Google Ad Planner é uma ferramenta que oferece dados demográficos sobre sites associados ao público-alvo estabelecido pelos anunciantes da companhia.

Fonte: IDG Now

Continue reading...

04 outubro 2009

Revelações do psicólogo do amor

Crédito: Divulgação
Marília Lopes

De acordo com a psicóloga Luana de Silos, para os que estão vivenciando um relacionamento amoroso, seja namoro ou casamento, o segredo é respeitar as diferenças. E para os solteiros e as solteiras que estão em busca de um amor? Como agir? O que falar?

 O psicólogo Ailton Amélio da Silva, pesquisador acadêmico, professor universitário e autor do famoso livro “Relacionamento Amoroso: Como Encontrar Sua Metade Ideal e Cuidar Dela” (Publifolha), entre outros, revela as dicas para encontrar uma amor e mantê-lo saudável. Também possui outras publicações, vídeos e artigos pela web.

 Olha o que separamos para você:

  • Adoro ser solteira. São Paulo: Abril, 2002 (Entrevista para a revista VEJA - Edição Especial: Mulher).
  • Auto-Estima: Sim, você pode tudo. São Paulo: Abril, 2001. (Entrevista).
  • Relacionamento Amoroso, Desinibição e Análise do Diálogo. 2005. (Ciclo de três palestras).
 Ótima leitura!
Continue reading...

Lá mesmo

 Natalí Garcelan

Crédito: Divulgação

“O coração é capaz de perdoar e reparar.
Pode mudar de forma para nos deixar entrar
Pode se expandir para nos deixar sair.
A vagina também”


Vagina é uma palavra dita em voz baixa por muita gente (ainda!). Geralmente há apelidos, que são ensinados desde quando a menina ainda é uma criança, um deles é “lá”. Lá onde? Bom... lá mesmo!

A incompatibilidade de gerações não vê problemas apenas na palavra vagina, que é somente o canal que recobre o colo do útero e se abre na vulva, em sua mais simples definição, mas também em outras palavras como clitóris e orgasmo, que apenas iniciam a lista de um extenso vocabulário que faz parte do “ser mulher”, e ainda são encaradas como “aquilo lá, sabe?”.

Pensando nisso, você já se perguntou como é a relação entre você e sua vagina (caso você tenha uma, é claro)? A dramaturga americana Eve Ensler já! Ela não apenas se questionou, mas fez 200 mulheres pensarem sobre como se relacionam com suas vaginas. O resultado é o livro e uma das peças mais assistidas em todo o mundo: “Os Monólogos da Vagina”.

Para sentir o gosto desta obra (sem a intenção de trocadilhos de mau gosto), que ora faz rir e ora chorar, não precisa ir longe. Nos agradecimentos Eve deixa claro o tom de humor da obra: “Para Ariel, que embala minha vagina e explode o meu coração”. E este é só o começo. O prefácio é de Glória Steim, jornalista americana, criadora e editora da revista Ms. Magazine, e um dos maiores símbolos da luta feminista.

A obra é um grito de liberdade que por muito tempo foi reprimido. Reprimido porque olhar “lá” era errado, tocar “lá” era errado, sentir sensações vindas de “lá”? Terminantemente proibido!

Em suas páginas, que serão devoradas em pouquíssimo tempo, é possível rir ao se identificar com a criação daquelas que não podem dizer vagina e de senhoras que descobriram o orgasmo sozinhas; irá se surpreender com a mulher que deixou tudo para se dedicar a dar prazer às vaginas de suas clientes e da ingenuidade de uma época na qual o orgasmo de uma menina a reprimiu por muitos anos; mas também há momentos tristes de violação, abuso e desrespeito.

Eve compara a vagina ao Triângulo das Bermudas, pois ninguém responde de lá (olha o “lá” de novo!), mas isso acontece com quem não desvenda a feminilidade e separa a vagina do corpo, como área proibida, como pecado embutido na anatomia.

Depois de passar por estas linhas a vagina não apenas se torna parte de seu corpo como sua amiga, pois é ela que melhor representa a mulher, não por diferenciá-la do gênero masculino, mas porque como a mulher, ela é delicada, misteriosa e cheia de segredos.
Continue reading...

02 outubro 2009

Como passar em Concursos Públicos

Marília Lopes

A recente crise financeira trouxe inúmeras demissões no setor privado. Pequenas e grandes empresas foram obrigadas a demitirem seus funcionários, crescendo o número de desempregados no país. Mas, quem trabalha no setor privado está sujeito, a qualquer momento, perder seu emprego. Isto ocorre, principalmente, quando a economia não vai bem e, conseqüentemente a empresa cai e os empregados vão juntos.

Já no setor público, tudo ocorre diferente. No comando do governo, há uma grande demanda de vagas, estabilidade e ótimos salários. Para a mulher que procura status profissional, traçar uma plano de carreira pública é o caminho certo. Se você está se perguntado: “Como passar em concursos públicos?”, o guro dos concursos públicos, juiz federal William Douglas, dá as dicas.

Muito conhecido através da obra Como Passar em Provas e Concursos: tudo o que você precisa saber e nunca teve a quem perguntar", William Douglas também possui vastas aprovações em concursos públicos na área jurídica, ministra palestras pelo Brasil e, é professor universitário.

 Acesse http://www.williamdouglas.com.br/ e confira as super dicas para passar em concursos.
Continue reading...
Related Posts with Thumbnails
Obrigada por passar por aqui!